(1908) BARTÓK Concerto para violino n. 1

Compositor: Béla Bartók
Número de catálogo: Sz 36 / BB 48-a
Data da composição: 1907/1908
Estréia: 30 de maio de 1958 - Basel, Suíça - Hansheinz Schneeberger ao violino, com regência de Paul Sacher

Em 1908 Bartók entregou à violinista Stefi Geyer um manuscrito de uma obra que jamais, nem ele nem ela, ouviriam tocar: este Concerto para violino (hoje numerado como o primeiro do compositor). Ele estava por ela apaixonado e escreveu uma obra atípica, em dois movimentos: o primeiro traduz a imagem idealizada dela, "sobrenatural e intimista"; já o segundo movimento será o retrato real dela, "alegre, espirituoso e divertido".

Segundo carta do compositor à violinista, haveria o plano de um terceiro movimento, este ― como ele escreveu à ela ― mostraria a Stefi Geyer "indiferente, reservada e calada". Talvez esta tenha sido apenas uma alfinetada, e não um plano real de fazer a crítica em forma de música. Como se sabe, o romance nunca se realizou.

Como tantas obras do período, esta mostra a motivação autobiográfica, sua experiência pessoal colocada em música. O solo inicial, que começa desacompanhado e vai sendo aos poucos complementado pela orquestra, já antecipa a desolação de um jovem (Bartók tinha 26 anos) que vê seu amor não correspondido.

© RAFAEL FONSECA