Franz SCHUBERT

Franz Peter Schubert

Viena, 31 de janeiro de 1797 — Viena, 19 de novembro de 1828

Catálogo Opus 1 - 173 (boa parte publicação póstuma)
Catálogo D 1 - 998 ("Deutsche", organizado por Otto Erich Deutsche em 1951)

Num período em que Viena foi a cidade musical por excelência, Schubert foi o único compositor nascido na cidade. Em sua curta vida (31 anos) compôs inspirado nos mestres do Classicismo, como Mozart e Haydn, e no grande compositor vivo de seu tempo, Beethoven, o pai do Romantismo. Isso faz da obra de Schubert uma transição entre os dois estilos.

A despeito de uma importante produção sinfônica, operística e sacra, seu legado mais importante é a música de câmara, com 15 Quartetos de cordas e mais de 600 Canções para voz e piano. Ao lado de Mahler e Tchaikowsky, é um dos maiores melodistas de toda a história da música, tendo criado temas inesquecíveis.

© RAFAEL FONSECA

Catálogo D:

D 667 - Quinteto "A Truta"
D 759 - Sinfonia n. 8 "Inacabada"
D 803 - Octeto
D 960 - Sonata n. 21

Obras em ordem cronológica:

(1819) Quinteto "A Truta"
(1822) Sinfonia n. 8 "Inacabada"
(1824) Octeto
(1828) Sonata n. 21