(1902) MAHLER Canções "Rückert"

Rückert-Lieder

Compositor: Gustav Mahler
Número de catálogo: MW 13/2
Data da composição: 1901 e 1902
Estréia: 29 de janeiro de 1905 — Mahler regendo a Filarmônica de Viena, com o baritono Friedrich Weidemann como solista

São 5 Canções (Lieder) cujo ponto em comum é a poesia de Friedrich Rückert (que viveu entre 1788 e 1866). Mahler musicou os poemas para voz (que pode ser feminina ou masculina, não importa) e orquestra, e existe também a versão com acompanhamento de piano. A ordem de apresentação pode mudar de acordo com a escolha do intérprete, mas o mais comum é a ordem a seguir:

 — (1) "Blicke mir nicht in die Lieder!". (Não olhe as minhas canções!). Composta em junho de 1901.

 — (2) "Ich atmet’ einen linden Duft". (Respirei uma gentil fragrância). Composta em julho de 1901. Com impressionante efeito da música, insinuando-se como uma fragrância, efeito típico do hiper-Romantismo mahleriano.

 — (3) "Ich bin der Welt abhanden gekommen". (Perdi o contato com o mundo). Composta em agosto de 1901. É a mais reveladora sobre a alma do compositor, que certa vez declarou que o sentido desta poesia o traduzia com perfeição.

 — (4) "Um Mitternacht". (À Meia-noite). Composta em dezembro de 1901. A mais escura das 5, esta canção nos leva à mais profunda reflexão.

 — (5) "Liebst du um Schönheit". (Se me amas pela beleza). Composta em agosto de 1902 e dedicada à sua esposa, Alma. O texto fala do artista que tem pouco a oferecer à amada, nem dinheiro nem beleza física.

© RAFAEL FONSECA